CURTAS

audiovisual.png
36_DSHS.jpg

DIÁRIO DOS SUPER-HERÓIS SECRETOS

Tinho é um menino que vive no campo e que está acostumado a brincar sozinho, utilizando sempre a sua criatividade para criar histórias com super-heróis imaginários e imponentes. Aos sete anos de idade, o pequeno se vê diante de um grande desafio: a sua família está de mudança para a cidade grande e ele precisa se despedir de tudo o que estava acostumado. Apesar de relutante, Tinho irá perceber que aquele é apenas o primeiro de muitos desafios que irá passar e que essa aventura poderá levá-lo a um mundo cheio de novas experiências e aprendizados.

Diretores: Pedro Perazzo (BA)
Ações: Realização de curta-metragem de ficção (2022)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: Ministério da Cultura
Etapa: Pré-produção

37_TMPSN_2.png

TALVEZ MEU PAI SEJA NEGRO

 Talvez meu pai seja um homem negro. Mas talvez ele não saiba disso. 

 

Diretora: Flávia Santana
Ações: Realização de curta-metragem documental (2022)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia
Etapa: Pré-produção

37_TMPSN_2.png
38_Distopia_1.jpg

DISTOPIA

Hiram, viúvo desde muito jovem, sofre de Alzheimer e necessita dos cuidados diários de sua filha mais velha, Laura. Mas hoje é o dia do noivado de Laura e o namorado a espera para um jantar especial com a sua família. Cabe à Lúcio, irmão caçula de Laura, assumir os cuidados com o pai nesta noite especial. Porém, esta noite pode ser uma eternidade para Lúcio, pois a relação com o pai está impregnada de lembranças terríveis.


Diretora: Lilih Curi (Segredo Filmes / BA)
Ações: Realização de curta-metragem de ficção (2020)
Serviço Prestado: Produção e Gestão Financeira
Financiamento: Ministério da Cultura

37_TMPSN_2.png

RESTOS

A cidade de Salvador passa por uma inesperada paralisação do serviço de limpeza pública. O apodrecimento gradual da cidade devido à greve e a reverberação desta situação aparecerão sob o olhar do gari Souza, cidadão humilde que não tem consciência de classe, mas cujo poder parece crescer a cada novo saco de lixo que se acumula em montanhas pela cidade afora.

Diretor: Renato Gaiarsa (Flow Filmes / BA)
Ações: Realização de curta-metragem de ficção (2015)
Serviço Prestado: Produção e Gestão Financeira
Financiamento: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia

39_Restos_1.jpg
40_Memória da Pedra_2.png

MEMÓRIA DA PEDRA

Gravado em Milagres e Monte Santo, locações de “Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro” e “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, ambos de Glauber Rocha, o documentário faz refletir acerca da passagem do tempo e suas implicações, o Brasil/Sertão 50 anos após ser mostrado pelas lentes do Cinema Novo.


Diretora: Luciana Lemos (BA)
Ações: Finalização e exibição do curta-metragem documental (2015)
Serviço Prestado: Produção e Gestão Financeira (pós-produção)
Financiamento: Banco Santander (Lei Rouanet)