LONGAS

audiovisual.png
23_Receba_1.jpg

RECEBA

 “Receba!” é o primeiro longa-metragem da dupla Pedro Perazzo e Rodrigo Luna. A trama do filme envolve uma bolsa recheada com um conteúdo tão valioso quanto ilegal – e que é roubada. A caçada à procura da bolsa – e da pequena fortuna contida dentro dela – envolve uma ex boxeadora, um policial corrupto com medo de sangue, sua parceira que está parando de fumar e o perigoso chefe do crime local, além de um rapaz que, no lugar errado e na hora errada, acaba indo parar no olho do furacão. 

Diretores: Pedro Perazzo e Rodrigo Luna (BA)
Parceiros: Ideograma Produções Culturais (BA), Buhfu! Filmes (BA) e Vatapá Produções (BA/RJ)
Ações: Realização de longa-metragem de ficção (2021)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e Fundo Setorial do Audiovisual
Etapa: Distribuição
Prêmios: Melhor Filme - Júri Popular (25º Festival Cine PE) e Melhor Filme - Júri Popular (XVII Panorama Internacional Coisa de Cinema)

CAIS

Cais é um longa documental que acompanha a busca da diretora, Safira Moreira, pela imagem que falta de sua avó, Maria do Carmo, uma mulher negra, baiana, nascida na década de 1920, que trabalhou toda sua vida como lavadeira e empregada doméstica. 

 

Diretora: Safira Moreira (BA)
Ações: Realização de longa-metragem documental (2022)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: AVON e Rumos Itaú Cultural
Etapa: Captação de recursos
Eventos e Laboratórios: Imersão Doc Brasil (SP); Brasil Cine Mundi (MG); DOCSP (SP); Miradas Doc (Espanha); 2º Laboratorio Internacional en Desarrollo de Proyectos de Largometraje Documental “Filma Afro Cartagena” (Colômbia); V Salón de Productores (Colômbia); DOCMONTEVIDEO (Uruguai); SANFIC (Chile) e FIDBA (Argentina)

24_Cais_3.jpg
Menarca_Colagem Digital por Lara Carvalho.png

MENARCA

Longa-metragem documental sobre os ciclos menstruais, em especial a primeira menstruação que divide a infância e a adolescência de jovens do sexo feminino. A partir de depoimentos de meninas e mulheres de diferentes faixas etárias e estágios da vida fértil, a obra busca discutir as mudanças biológicas, psicológicas e sociais experimentadas e refletir sobre a representação da menstruação no audiovisual, em mitologias e rituais.


Diretora: Lara Carvalho (Lua de Maré / BA)

Ações: Realização de longa-metragem documental (2022)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: Ministério da Cultura
Etapa: Pré-produção

QUITÉRIA
Ficção | Longa-metragem | BA

Em 1822, Maria Quitéria foge da fazenda de seu pai no interior da Bahia para alistar-se no Exército Nacional e lutar nas batalhas pela independência do Brasil. Tomada pelo desejo de defender sua pátria, Quitéria enfrenta o preconceito de ser a única mulher em um ambiente dominado por homens, política e violência, tornando-se um dos maiores símbolos de bravura e liberdade da história do país.

 

Roteirista: Lara Carvalho (Lua de Maré / BA)
Ações: Desenvolvimento de roteiro de longa-metragem de ficção (2021)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: Ministério da Cultura
Etapa: Desenvolvimento

27_Quitéria.png
img2 (1).jpg

A PREAMAR DE SIZÍGIAS
Ficção | Longa-metragem | BA

Inspiradas pela produção de uma poeta e psiquiatra afro-brasileira esquecida, duas mulheres negras, recém-saídas de um forte bloqueio criativo, se encontram para a realização de uma obra conjunta. Uma, musicista deseja compor uma peça musical-performática; outra, cineasta, anseia pela criação de um documentário experimental. A implicação é o registro de um difícil e conturbado processo criativo em meio a época de chuvas da cidade de Salvador-BA.


Roteirista: Diego Araúja (BA)
Parceira: Àràká - Plataforma de Criação em Arte

Ações: Desenvolvimento de roteiro de longa-metragem de ficção (2021)
Serviço Prestado: Captação, Produção e Gestão Financeira 
Financiamento: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia através da Lei Aldir Blanc
Etapa: Desenvolvimento

O MAR QUE MORA EM MIM
Ficção | Longa-metragem | BA

Miguel é um adolescente caboverdiano órfão que cruzou o Atlântico clandestinamente e aportou na cidade de Salvador movido pelo sonho de ser jogador de futebol. Após superar a deportação imediata, consegue a permanência definitiva graças a Fátima, servidora do Juizado de Menores sensibilizada com seu caso. Com a relação maternal estabelecida com ela, Miguel mergulha em uma tormenta de sensações, uma viagem profunda ao seu próprio interior.

 

Roteiristas: Matheus Vianna e Victor Uchôa (BA)
Ações: Desenvolvimento de roteiro de longa-metragem de ficção (2017)
Serviço Prestado: Captação e Gestão Financeira 
Financiamento: Fundo Setorial do Audiovisual
Etapa: Desenvolvimento
Eventos e Laboratórios: Panlab III – Laboratório de Roteiros do Panorama

29_O Mar que Mora em Mim.png